sábado, 2 de julho de 2011

A Guardiã da Minha Irmã, de Jodi Picoult



Título: A Guardiã da Minha Irmã
Título Original: My Sister's Keeper
Autor: Jodi Picoult
Editora: Verus
Ano da Edição: 2011
Ano Original de Lançamento: 2004
Nº de Páginas: 433
Comprar Online: Saraiva

Sobre o livro:
Anna tem 13 anos. E a vida toda ela serviu de doadora para a irmã. Aliás, ela foi geneticamente programada para ser compatível com a irmã.
Aos dois anos de idade, Kate foi diagnosticada com um tipo raro de leucemia. Seus pais decidiram ter outro filho - e para não arriscar, recorreram aos conhecimentos genéticos.
Mas agora Anna não quer mais. Ela simplesmente não quer doar um rim para a irmã. E, por isso, procura um advogado e entra com um processo contra os pais - para poder ser medicamente emancipada de seus pais, ou seja, para que possa se recusar a doar o rim para sua irmã mais velha.

O que eu achei sobre o livro:
Primeiro retire todo o seu casaco de preconceito. Esse mesmo que você tenta fingir que não veste.
Não julgue.
Quem disser que não julgou Anna antes de ler o livro, certamente estará mentindo. Todos julgamos. Todos pensamos em como pode ser errado uma irmã se recusar a salvar a outra. Todos, entretanto, pensamos que nunca faríamos o mesmo.
Leia o livro.
Conheça Anna, Kate (sua irmã mais velha), Jesse (o irmão mais velho problemático), Brian (o pai), Sara (a mãe), Campbell Anderson (o advogado) e Julia (a curado Ad Litem).
Sinta todo o drama dessa família.
E se prepara para chorar, sorrir, concordar, discordar... sentir uma mistura de emoções - uma realidade super tocante!
Jodi Picoult conseguiu me tocar de uma forma inédita. Acho que nunca me envolvi tanto assim com um livro.
Ela constrói seus personagens tão bem, de forma tão profunda e perfeita que eu consegui me identificar com todos os personagens. Cada sentimento perpessou meu coração e me fez refletir, sonhar, chorar, sofrer, me alegrar! E ainda sobrou espaço para um humor implacável em Campbell - jurei que atiraria o livro na parede caso não descobrisse certo detalhe (você vai precisar ler para descobrir se joguei ou não o livro na parede).
Eu poderia escrever infinitamente sobre esse livro. Falar sobre como os sentimentos dos personagens são complexos, conflitantes e realistas. Como eu me apeguei a cada um. Como eu sofri. Como eu ri. Como eu chorei. Poderia falar horas sobre como a escrita de Jodi Picoult é viciante. Poderia ainda explicar que o livro é dividido em dias e que, a cada dia, todos os personagens que eu já citei vão fazendo um rodízio para contar essa história. Eu poderia descrever, por exemplo, a passagem mais tocante do livro - onde Kate se sente super feliz ao constatar que o irmão se esqueceu de sua doença.
"- Ele esqueceu - Kate disse para ninguém e ficou deitada de costas, sorrindo radiante para o sol frio e redondo."
Eu poderia falar tanta coisa. Acho que até poderia escrever um livro sobre esse livro. Ainda assim não conseguiria chegar aos pés dessa história. Realmente é um livro super recomendado! E se tem um livro que irá te surpreender é A Guardiã da Minha Irmã. Leitura mais do que recomendada!

Nota: 








Dificuldade de Leitura: 


18 comentários:

  1. Puxa, Nanie! Esse livro deve ser superrr tocante! Tou aqui coçando os bolsos já para comprá-lo rs
    beijosss

    ResponderExcluir
  2. Foi nesse livro que o filme "Uma prova de amor" se baseou, né? Chorei por horas depois de sair do cinema... rs
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Eu sabia que reconehcia essa história. Eu vi of ilme desde 2009, se não me engano. Não sabia que tinha sido baseado em um livro. Adorei saber. Se o livro é tocante, imagina o lviro? Quero ler logo! A hisdtória da mãe engravidar só para curar a outra é muito chocante. Não há quem não se emocione.
    Adorei a resenha, Nanie! Parabéns!
    Beijos ;*

    Ana Carolina
    http://loucospor-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ainda estou na dúvida se leio ou não. Parece ser bem conflitante MESMO!
    Nunca vi o filme mas já li resenhas dele e parece ser um tanto triste, deve ser muito difícil escolher qual das duas irmãs é o "lado certo" ainda mais quando nos sentimos próximos das duas.
    Vou pensar se quero ou não... Fiquei curioso.

    ResponderExcluir
  5. Linda resenha amiiiiiiiiiiga!!!!

    bjinho

    ResponderExcluir
  6. Ei, esse livro é um filme! Ou o filme virou livro... Só sei que já assisti um filme exatamente assim e sei como termina, rs. O filme se chama "Uma prova de amor" e é realmente lindo, acredito q a história seja a mesma =)
    Beijos =*

    @morenalilica

    ResponderExcluir
  7. Confesso que quando vi esse livro na sua caixa de correio não dei muita atenção. Mas aí ele chegou na Livraria e peguei para vê-lo e postar sobre as novidades. Quando vi que o livro Uma prova de amor (que vi) se baseou nele, não acreditei e fiquei e estarei deseperada para lê-lo, pois se o filme é intenso, imagine o livro.
    Não tenho como não dizer que amei a resenha.
    Bjos!!!
    Andréia
    Sentimento nos Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nanie!

    Eu só li o primeiro capitulo do livro que está disponivel na Internet, e adorei!

    Achei muito interessante a história.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Nossa!! Esse livro deve ser realmente muito bom!! Adorei sua resenha!! ^^
    Me lembrou um pouco A Profecia das Irmãs... sei la...beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu assisti o filme... quase morri de chorar.
    Esse tipo de livro nao eh p/ mim... muito real. Eu gosto de estorias mentirosas que me tirem da realidade.
    Mas com certeza eh uma estoria muito bonita.

    ResponderExcluir
  11. Opaaa... essa estória parece muito boa... e se você pôs uma nota alta, é porque esta comprovado pelo selo de qualidade do Nanie1s World hihihi

    Adorei conhecer um pouco sobre este livro!

    Beeeijoos

    ResponderExcluir
  12. Gostei mais do título em inglês, me chamou mais a antenção... slá rs

    ResponderExcluir
  13. Parece tão triste, bem o tipo de leitura que tenho evitado. Vai ficar fora das minhas prioridades no momento. Soube que tem um filme (ou vai ser lançado ainda), mas tb não é meu estilo.
    Bjkas!
    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  14. Não vi o filme, mas minha cunhada falou muito sobre ele, e sim quando eu ouvi fiquei fula da vida com a irmã má.Má??!!!Pois é, depois comecei a refletir melhor e percebi que não havia maldade nenhuma em querer viver a propria vida. Não é facil viver a sombra de uma irmã, ou nascer para isso.,mesmo uma irmã doente. Sinceramente não sei o que faria. História realmente emocionante.Quero muito ler, principalmete porque já tenho alguns livros da autora.

    ResponderExcluir
  15. Deve ser realmente bom o livro, pelo que você disse na sua resenha. O problema é o dinheiro pra comprar.

    Jesimiel | Caderno Repicado
    http://cadernorepicado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Noooossa Nanie vc disse tudo nessa resenha. Simplesmente adorei. Infelizmente ainda não tive oportunidade de ler o livro mas vi o filme e chorei tanto, tanto!

    E é exatamente o que vc disse, quem disse que não julgou esta mentindo. Eu mesma fiquei meio assim qdo estava vendo o filme. Como que Anna podia se recusar a 'salvar' a irma?

    A autora soube mesmo nos levar por essa linha! Quero muito mesmo ler o livro.

    Estou participando da sua promoção, quem sabe tenho sorte né?

    Excelente resenha, quase chorei lendo, beijos

    ResponderExcluir
  17. Que tocante, mais um para minha lista né. Eu gostei da história é diferente e parece que tem algo bom para passar para a vida das pessoas espero gostar do livro assim tanto quanto você. Obrigado

    ResponderExcluir

Bem-vindo ao Nanie's World. Ler seu comentário é a parte mais bacana de ter um blog!
Leia os Termos de Uso e não insira links nos seus comentários!
Fale, fale, fale! Respondo sempre :)

 
♥ ♥ ♥
Nanie's World © Copyright 2013.
Layout do blog por Nanie Dias - uma modificação da base gratuita Gabi Melo
A reprodução desse template é proibida!
♥ ♥ ♥